Arquivo da tag: Eclipse IDE

Tabela comparativa Eclipse vs netbeans

Comparação eclipse vs netbeans . Eclipse surgiu nos anos de 1990, o Netbeans nos anos 2000. A adesão de muitas comunidades atuantes nos programas faz mais sentido quando se pensa assim.

Comparação eclipse vs netbeans

Comparação eclipse vs netbeans

O Eclipse está associado com IBM e NetBeans é um ambiente Sun/Oracle. O Eclipse é visto como uma plataforma confiável por desenvolvedores comerciais, que acreditam podem criar seu próprio conjunto de produtos e para os quais os usuários empresariais podem confiar no desenvolvimento de aplicativos internos. Contra o que a NetBeans.org publicou, “Um projeto de código aberto é uma entidade viva que precisa de tempo para encontrar o equilíbrio certo de pessoas e contribuição. Seu crescimento é sempre um processo contínuo.O primeiro ano (através do NetBeans 3.2). Os próximos anos envolveram aprender sobre o que funcionou em termos de processos de código aberto. Nos dois primeiros anos, o processo de desenvolvimento foi tão aberto que mais tempo foi gasto debater do que implementar”.

O Netbeans tem uma interface de usuário e um fluxo de trabalho muito diferentes do Eclipse. Não há perspectivas, mas as barras de ferramentas e tais aparecerão automaticamente/ocultarão conforme necessário pela depuração.

O Netbeans concentra-se em uma experiência suave e integrada às vezes às custas de recursos. O Profiler está totalmente integrado no editor (menu de contexto permite que você manipule rapidamente o perfilador), mas está faltando alguns featuers do perfilers do Eclipse.

O Netbeans possui um ambiente de desenvolvimento JSP/Servlet/JSF fortemente integrado. Todo o fluxo de trabalho conecta-se de desenvolvimento, depuração, implantação. É mais voltado para o Desenvolvimento Web.

O editor do Netbeans tem muito menos recursos que o Eclipse. Complemento rápido (Ctrl-K, Ctrl-J) é um recurso Netbeans subutilizado. As versões básicas do Eclipse e do NetBeans oferecem recursos padrões muito semelhantes que para o iniciante não faz muita diferença.

Pros e Contras Comparação eclipse vs netbeans . Open Source: ambos
Fama: Mais comercial Eclipse, Mais livre Netbeans
Difucldade: Mais fácil Netbeans, mais difícil Eclipse
Plugins Mais plugins Netbeans, muito menos mesmo Eclipse.
Mais usuários: Eclipse
Mais confiável para empresas: Eclipse

Comparação eclipse vs netbeans ,
Comparação eclipse vs netbeans

Tabela comparativa Eclipse vs netbeans

No equivalent support
NetBeans PlatformEclipse RCP
UI ToolkitStandard Swing toolkitSWT
UI DesignFree, award winning,Matisse GUI BuilderCommercial alternatives
ModuleSystemStandard OSGi modulesystem

or NetBeans-specific module system

Standard OSGi modulesystem
BuildSystemOut of the box, Maven orAntProprietary
JDKSupportVisualVM, a NetBeansPlatform application,
is in the JDK, so many JARs from the
NetBeans Platform are in the JDK too
TrainingFree community-basedtrainings

fornon-commercial organizations

No equivalent support

Comparação Netbeans vs Eclipse

O Eclipse ganha na simplicidade, o Netbeans necessita de configuração, apesar de seu editor ser bem limpo e agradável.

Faça sua escolha. Uma comparação entre os dois principais IDEs: NetBeans e Eclipse. Após essa comparação, você terá critérios para escolher qual das duas IDEs é a mais adequada para seu estilo de programação analisando as diferenças fundamentais entre as duas.

O eclipse por sua boa estrutura principalmente quando o assunto é obter e instalar Plugins e Bibliotecas externas, já o Eclipse é excelente para o desenvolvimento Web, possui funções já prontas para web, já para programação Desktop o Netbeans castiga um pouco.

As duas IDEs mais conhecidas e utilizadas para o desenvolvimento de software em Java são o Eclipse e o NetBeans, sendo ótimas opções aos desenvolvedores, que como você, muitas vezes se deparam com a dúvida de qual escolher.

Estes dois ambientes possuem código aberto e são gratuitos.
Podem ser utilizados para o desenvolvimento de aplicações Java
Podem ser utilizados para o desenvolvimento de linguagens como C/C++, php …
Podem ser também executados em diversas plataformas como Windows, Linux…

A IBM fundou o Projeto Eclipse como ferramenta universal open source, uma IDE aberta e extensível. O Netbeans a Oracle que comprou a platafarma java junto com a Netbeans, abriu o software para não ver o negócio afundar mais ainda, agora ele é fre e open.

Introdução ao Eclipse IDE

Introdução ao Eclipse IDE. O Eclipse é mais que um IDE; ele é um ecossistema de desenvolvimento completo. Esta seção é uma breve introdução prática para usar o Eclipse para desenvolvimento Java.

O ambiente de desenvolvimento Eclipse. O ambiente de desenvolvimento Eclipse tem quatro principais componentes:

Área de trabalho
Projetos
Perspectivas
Visualizações

A unidade primária de organização no Eclipse é a área de trabalho. Uma área de trabalho contém todos os seus projetos. Uma perspectiva é uma forma de consulta a cada projeto (consequentemente o nome) e dentro de uma perspectiva há uma ou mais visualizações.

A perspectiva Java contém as ferramentas necessárias para começar a escrever aplicativos Java. Cada janela tabulada mostrada na Figura 2 é uma visualização da perspectiva Java. O Package Explorer e o Outline são duas visualizações especialmente úteis.

O ambiente Eclipse é altamente configurável. Cada visualização é adaptável, portanto, é possível movê-la na perspectiva Java e colocá-la onde desejar. Por enquanto, no entanto, aderiremos à perspectiva padrão e configuração de visualização.

Insira Tutorial como o nome do projeto e clique em Concluir.
Se desejar modificar as configurações padrão do projeto, clique em Avançar (recomendado apenas se você tiver experiência com o Eclipse IDE).
Clique em Concluir para aceitar a configuração do projeto e criá-lo.

Agora você criou um novo projeto Eclipse Java e uma pasta de origem. Seu ambiente de desenvolvimento está pronto para ação. No entanto, um entendimento do paradigma OOP — abrangido nas próximas duas seções deste tutorial — é essencial. Se você estiver familiarizado com os conceitos e princípios de OOP.

Configurando seu ambiente de desenvolvimento Java

Configurando seu ambiente de desenvolvimento Java. Nesta seção, você fará o download e instalará o JDK e a liberação atual do Eclipse IDE e configurará seu ambiente de desenvolvimento Eclipse.

Se você já tiver o JDK e Eclipse IDE instalados, poderá desejar pular para a seção “Introdução ao Eclipse” ou para aquela depois dela, “Conceitos de programação orientada a objeto.”
Seu ambiente de desenvolvimento

O JDK inclui um conjunto de ferramentas de linha de comandos para compilar e executar seu código Java, incluindo uma cópia completa do JRE. Embora seja possível usar essas ferramentas para desenvolver seus aplicativos, a maioria dos desenvolvedores apreciam a funcionalidade adicional, o gerenciamento de tarefas e a interface visual de um IDE.

Eclipse é um IDE de software livre popular para desenvolvimento Java. O Eclipse manipula tarefas básicas, como a compilação e depuração de códigos, portanto, você pode focar na escrita e teste de códigos. Além disso, é possível usar o Eclipse para organizar seus arquivos de código-fonte em projetos, compilar e testar esses projetos e armazenar arquivos de projetos em qualquer número de repositórios de origem. É necessário ter um JDK instalado para usar Eclipse para desenvolvimento Java. Se você fizer o download de um dos pacotes configuráveis Eclipse, ele já virá com o JDK.
Instale o JDK

Siga estas etapas para fazer o download e instalar o JDK:

Navegue para Downloads do Java SE e clique na caixa Plataforma Java (JDK) para exibir a página de download da última versão do JDK.
Concorde com os termos da licença.
Em Java SE Development Kit, escolha o download que corresponda a seu sistema operacional e arquitetura de chip.

Windows

Salve o arquivo em sua unidade de disco rígido quando solicitado.
Quando o download estiver concluído, execute o programa de instalação. Instale o JDK em sua unidade de disco rígido em um local fácil de lembrar, como C:\home\Java\jdk1.8.0_60. É uma boa ideia codificar o número de atualização no nome do diretório de instalação escolhido.

OS X

Quando o download estiver concluído, dê um clique duplo nele para montá-lo.
Execute o programa de instalação. Você não escolhe onde o JDK será instalado. É possível executar /usr/libexec/java_home -1.8 para ver o local do JDK 8 em seu Mac. O caminho isdisplay é semelhantea /Library/Java/JavaVirtualMachines/jdk1.8.0_60.jdk/Contents/Home.

Consulte Instalação de JDK 8 e JRE 8 para obter mais informações.

Agora você possui um ambiente Java em seu computador. Depois, instalará o Eclipse IDE.
Instale o Eclipse

Para fazer o download e instalar o Eclipse, siga estas etapas:

Navegue até Página de downloads do Eclipse IDE.
Clique em Eclipse IDE for Java Developers.
Em Links de download à direita, escolha sua plataforma (o site já pode ter encontrado seu tipo de sistema operacional).
Clique no espelho do qual deseja fazer download; depois salve o arquivo em sua unidade de disco rígido.
Extraia o conteúdo do arquivo .zip em um local em sua unidade de disco rígido do qual se lembre facilmente (como C:\home\eclipse no Windows ou ~/home/eclipse em Mac ou Linux).

Configure o Eclipse

O Eclipse IDE opera sobre o JDK como um conceito de abstração útil, mas ainda precisa acessar o JDK e suas várias ferramentas. Antes de poder usar o Eclipse para escrever código Java, é necessário informar a ele onde o JDK está localizado.

Para configurar seu ambiente de desenvolvimento Eclipse:

Ative o Eclipse clicando duas vezes em eclipse.exe (ou no executável equivalente em sua plataforma).
O Ativador de área de trabalho é aberto, permitindo escolher uma pasta raiz para seus projetos Eclipse. Use uma pasta da qual possa se lembrar facilmente, como C:\home\workspace em Windows ou ~/home/workspace em Mac ou Linux.
Feche a janela Bem-vindo ao Eclipse.
Clique em Janela > Preferências > Java > JREs instalados. Figura 1 mostra esta seleção destacada na janela de configuração do Eclipse para o JRE.

O Eclipse aponta para um JRE instalado. Você deve usar o JRE que transferiu por download com o JDK. Se o Eclipse não detectar automaticamente o JDK instalado, clique em Incluir… e, na próxima caixa de diálogo, clique em VM padrão e clique em Avançar.
Especifique o diretório inicial do JDK (como C:\home\jdk1.8.0_60 em Windows) e clique em Concluir.
Confirme se o JDK que você deseja usar está selecionado e clique em OK.

O Eclipse está agora configurado e pronto para você criar projetos e compilar e executar código Java. A próxima seção o familiariza com Eclipse.